segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Felicidade

Á alguns anos atrás decorei este poema, não me lembro onde o li, nem como o decorei , mas a verdade é que ainda o sei e gostava de partilhar com vocês.

Bateu alguém á porta
Vacilei não quis abrir
Pensei que fosse a Saudade
Que me viesse perseguir
Bateu de novo com força
Mas depois desistiu
Desceu as escadas em silencio
E para sempre Partiu
Partiu deixando na Porta
Estas palavras fatais
Eu Sou a Felicidade e não voltarei mais.....

Aprendi com o tempo que a felicidade vem das pequenas coisas do dia a dia que muitas vezes nem valorizamos. .
E vocês por onde pará a vossa felicidade?

Sem comentários:

Enviar um comentário